adjetivo

adjetivando

olha que suave beleza. suave: está aí um adjetivo que eu uso muito. e terei que usar mais uma vez. mas sem usar, pois eu já falei aí. então está usado. o adjetivo. você é muito mais do que esses adjetivos. nós somos mais. por que nos adjetivamos tanto? eu sei lá, eu tento puxar da memória, mas juro que não lembro a definição exata do termo. e eu fico aqui, adjetivando mesmo assim. isso não é vida. isso é mentira. eu vejo a linguagem tomando conta de tudo. ela está infiltrada em todas as atividades humanas. é isso que nos faz humanos? ah, claro, olha o poeta falando mal da linguagem. tiro no pé, poeta. cuidado. não quero falar mal de nada. eu tiro o pé. e também não quero adjetivar. e também preciso admitir que às vezes me bate uma preguiça cósmica e que me faz pensar duas vezes sobre escrever ou não. mas é por pouco tempo. pois eu logo abro um caderno e vejo a preguiça toda desmoronar. é uma sensação gloriosa. e logo, bem logo mesmo, eu volto a adjetivar: suave.

- J.Castro





postado em por admin em prosa deixe um comentário

adicione comentário

www.scriptsell.netBest Premium Wordpress Theme/Best Premium Wordpress Theme/ Top