ASSIM ASSADO

assim como?

eu sou assim. quando sou o assunto da roda, eu já reajo com um “eu sou assim”. e dane-se. eu estou precisando dessa redução. eu quero abreviar tudo com um “eu sou assim”. briga de casal, a partir de hoje, já estão todas resolvidas, antes mesmo de começarem. estão póstumas. eu já mando um “eu sou assim” logo de cara. se reclamarem que falo baixo – pode não parecer, mas eu falo baixo -, eu só responderei com um também muito baixo “eu sou assim”. e pronto. vai cada um pro seu canto. uma das regras primordiais da vida é a satisfação mútua. eu lavo a sua mão e você lava a minha. mas a regra deve ser assim: equânime. não vale limpar a bunda de alguém que está apenas disposta a lavar as suas mãos. infelizmente, nos dias de hoje, as coisas estão assim: muitos lavadores de bundas e poucos de mãos. tem que ver isso aí. pois essas coisas não podem ficar assim. a única coisa que deve permanecer assim, no meio de todo esse tumulto, não é uma coisa, mas um indivíduo, assim, como eu. no meio da ebulição, uma pequena bolha de permanência: um eu assim. e deixem-me, porque eu sou assim.

— J.Castro





postado em por admin em prosa deixe um comentário

adicione comentário

www.scriptsell.netBest Premium Wordpress Theme/Best Premium Wordpress Theme/ Top