cassetetes vs. skates

Os acontecimentos de hoje na Avenida Paulista me lembraram uma cena de um bom documentário. Primeiro, os acontecimentos de hoje:

Pois bem, na tal cena do documentário, um Arcebispo Ortodoxo ucraniano, diante dos recentes levantes que aconteciam no seu país, dizia: “Todos perceberam que se hoje estudantes são espancados, amanhã qualquer um pode ser”.

Breve retrospectiva para sabermos sobre o que estamos falando: em dezembro de 2013 um grupo pacífico de estudantes ucranianos foram às ruas, injuriados com o governo do presidente Viktor Yanukovych, que se recusou a assinar um acordo de associação com a União Europeia. Os estudantes foram tratados, digamos assim, com certa truculência pelas forças do governo. Em resposta às agressões policiais, o povo ucraniano levantou-se num movimento de resistência que duraria noventa e três dias. As balas de borracha, usadas nos primeiros conflitos, foram substituídas aos poucos por munição letal. Civis eram alvejados por atiradores de elite em plena luz do dia. Depois de centenas de mortos e desaparecidos, o presidente Yanukovych “abandonou o cargo” e recebeu asilo político na Rússia. Assim, começava a Crise da Crimeia. A contagem de mortos resultante dessa guerra já passa de seis mil.

A imagem aqui compartilhada foi extraída do ótimo documentário WINTER ON FIRE, que nos oferece um ângulo assustador daqueles três meses de embates furiosos: o de dentro dele. Vale a pena dar uma olhada no filme.

E sobre o que aconteceu hoje na Avenida Paulista, acho que não há muito o que dizer. As imagens já dizem tudo. Afinal, que poder maníaco é este que autoriza policiais a agredirem estudantes secundaristas por estarem apenas inconformados com o fechamento de escolas? Cassetetes contra skates. Luta justa é isso aí.





postado em por admin em prosa deixe um comentário

adicione comentário

www.scriptsell.netBest Premium Wordpress Theme/Best Premium Wordpress Theme/ Top