ESTRELAMOR

Que saudades eu tenho de quando nada sabia
de quando a noite era dia
e o dia já era tarde pra dormir de manhã

Que saudade que eu tenho da madrugada
de quando escura cantava
e as estrelas a mim se misturavam

Eu tinha inveja do amor das estrelas
elas, que nada sabiam das palavras daqui
que amavam porque apenas sentiam-se amor

estrelamor
misturador
aqui

(Giovanna Zambianchi)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *