EU NÃO ESTAREI LÁ

naoverei

Eu não verei a lenta decomposição de suas formas, as linhas que afundarão com força a sua pele. Eu não verei os tumores que se espalharão pelo seu corpo e nem os intestinos que se defenderão deles mesmos, expelindo sangue e mucos esverdeados de pura dor. Eu não verei as demências tomarem conta desse seu cérebro hoje tão juvenil. Eu não lhe verei ficando senil. Eu não estarei lá para aguentar os seus fracassos, seus problemas de autoestima, as doenças de mentira, as crises existenciais que sempre serão banais, os ossos quebrados, os problemas de visão, as tentações, os possíveis novos amores. Eu não estarei lá. Ainda bem.

— Vaner Micalopulos





postado em por admin em prosa deixe um comentário

adicione comentário

www.scriptsell.netBest Premium Wordpress Theme/Best Premium Wordpress Theme/ Top