o há existe

haexiste

O HÁ EXISTE

você quer que eu use
a poesia (esta coitada)
para fazer coisas
que você não tem coragem
de fazer sozinha?

eu coloco essa maldita
da poesia (num limpo esplendor)
em todo lugar
mesmo com esses meus poros implosivos
que se fecham no primeiro sinal
de qualquer última ameaça.

boto verso sobre verso
e a poesia (com dor)
escuta-me de longe
num cinismo de não sentido.

então fixo os olhos no caderno
pela poesia (sou tudo, menos ingrato)
e aceito o jogo sujo
que o canto do olho
toda hora faz questão
de me lembrar
que há.

meu jogo periférico
de poesia (num brilho nevrálgico)
faz questão de me lembrar
que há.

- Vaner Micalopulos





postado em por admin em poesia deixe um comentário

adicione comentário

www.scriptsell.netBest Premium Wordpress Theme/Best Premium Wordpress Theme/ Top