LOUCO POUCO

loucopouco

dissipo-me
ao invés
de despir-me:
meu jeito
sem jeito
de mostrar-me nu
é este dissipar
de peito:
o poeta pelado
se desmancha
louco a pouco
de peito aberto:
é este o meu
jeito-peito
de abrir meu lento
desmanchar:
é este o meu
peito-jeito
de fechar-me
no meu próprio
dissipar

– J.Castro





postado em por admin em poesia deixe um comentário

adicione comentário

www.scriptsell.netBest Premium Wordpress Theme/Best Premium Wordpress Theme/ Top