não é mais

suicida

eu respeito os suicidas. eles tiveram coragem. e sobre suicida a gente só pode falar assim: no passado. eu conheci um suicida. ele era legal. mas antes de ser um suicida. quando ele começou com essas ideias de suicídio, todo mundo achava que era brincadeira. diziam: tudo bem, amigo suicida, amanhã a gente conversa. e ele argumentava: tudo bem, amigos preocupados, mas amanhã talvez já seja tarde demais. eu gostava de brincar quando ele falava isso: tardemais. talvez amanhã seja tardemais. o amanhã foi ontem. o meu amigo suicida não é mais. nunca mais será. eu respeito os suicidas pela coragem de não serem mais. eu já fui tanto. mas não tenho coragem de não ser: mais.

- J.Castro
*ilustração de Thiago Micalopulos





postado em por admin em prosa deixe um comentário

adicione comentário

www.scriptsell.netBest Premium Wordpress Theme/Best Premium Wordpress Theme/ Top