NÃO SEI, DE NOVO

dormiu

MAIS UM POEMA DE NÃO SEI

ela era
a menina
que se gabava
de que podia
mudar a minha
vida

quando a mudança
foi que foi
ou pareceu que ia
ela logo
logo mudou

dormiu amando
acordou nem tanto

da noite pro dia
em horas
do mais puro
não sei

do nada
começou a ter
muito não sei
pro meu gosto

e muito
mas muito sei
fingido

então eu fingi
que não era
mais comigo

porque não era
mesmo

e saí fingindo
que sabia

- Vaner Micalopulos





postado em por admin em poesia deixe um comentário

adicione comentário

www.scriptsell.netBest Premium Wordpress Theme/Best Premium Wordpress Theme/ Top