PENDURADOS

PÁLIDO PONTO AZUL(O planeta Terra fotografado pela Voyager 1, em 14 de fevereiro de 1990. Distância da sonda espacial no momento dessa foto: 6,4 bilhões de quilômetros.)

PENDURADOS NO UNIVERSO

Estamos pendurados no universo e ainda nos preocupamos com impedimentos em jogos de futebol. Estamos pendurados no universo, mas gastamos tempo e dinheiro realizando folhetins eletrônicos cuja única função é a de nos ajudar a esquecer que estamos pendurados no universo. Estamos pendurados no universo, presos a uns fios invisíveis e misteriosos, e não adianta dar um nome de lei física para os tais fios, pois o deslumbramento diante de toda essa invisibilidade não some; eu fico olhando, eu fico pensando, eu abro um livro de Física, outro de Filosofia, mas os fios não aparecem. Então começo um poema, mas me impressiona também esta minha capacidade de querer começar um poema mesmo sabendo que estamos todos fragilmente pendurados no universo; então eu não escrevo nada. Estamos pendurados no universo, sobrevivendo cegamente a um terreno árido, pois se imagine aí num deserto do Saara, sem roupas, chapéu, sombrinha, água, equipamentos, sem nada: quanto tempo você sobreviveria? Pois bem, assim é o nosso planetinha pendurado no universo, sobrevivendo às explosões solares, campos magnéticos, corpos celestes e à própria ondulação sutil do universo. Estamos pendurados no universo e ainda maltratamos o próximo, lucramos com o trabalho semi-escravo, sacaneamos amigos, chiframos nossos amores, batemos em seres indefesos, somos babacas apesar de estarmos pendurados no universo. Tantas coisas com as quais deveríamos nos preocupar, mas ligamos a televisão e esquecemos. Estamos pendurados e esquecemos. É como dirigir de olhos vendados: uma receita para o desastre. Estamos pendurados no universo e ainda paramos na frente da televisão para gastar minutos inteiros de nossas vidas querendo saber se o tronco do atacante estava realmente alguns centímetros à frente do corpo do zagueiro ou não. Estranho isso. Eu queria descer, porque essa noção torta dá um enjoo louco. Eu queria descer, mas parte do problema em não se preocupar com o fato de que estamos pendurados no universo, é que ficamos sem saber como descer dessa zona também. Então me impeço de pensar sobre isso. E torço pro juiz marcar impedimento.

- Vaner Micalopulos





postado em por admin em prosa deixe um comentário

adicione comentário

www.scriptsell.netBest Premium Wordpress Theme/Best Premium Wordpress Theme/ Top