só sei escrever você

o negócio é assim: eu escrevo pra você, sempre. fica parecendo que é pra um arquétipo de mulher aí, mas é tudo pra você. só não se ache muito por causa disso. seja você, apenas. tome conta da minha postura quando escrevo. me peça pra relaxar o braço. me peça pra endireitar a coluna. você está longe, mas eu lhe escuto, me endireitando. meio força: meio carinho. e depois, eu ainda escrevo pra lhe tirar da minha cabeça. treco sem solução. eu só escrevo você. maldição. não é uma forma de analfabetismo isso aí? claro que é. você me analfabetiza. e tudo bem.

- J.Castro





postado em por admin em prosa deixe um comentário

adicione comentário

www.scriptsell.netBest Premium Wordpress Theme/Best Premium Wordpress Theme/ Top