tardemais

tardemais

memória desgarrada. alucinação de futuro. saudades canibais. sensações fantasmas. amputações emocionais. castrações forçadas. paranoias infinitas. dores psicológicas. amores destruídos. uma sequência de aflição. em vinte e quatro quadros por segundo. cinemático. assim é nossa vida: quadro a quadro. essa é minha vida: uma lista de bagunças cinemáticas. e eu acho que a vida de todo mundo é assim. aposto que tem um monte de gente se identificando. o escritor é esse bruxo que entra nas pessoas. você sabe que se identifica com o autor quando, durante a leitura dos seus textos, acaba soltando risadinhas intercaladas com pensamentos do tipo: filhadaputa, parece que sou eu isso aí! pois bem, você sabe escrever. por que você, então, não pega um caderno? pega aí. e comece a fazer suas listas de angústia e dor. unha encravada. dor lombar. chiado de peito. sangue nas fezes. catarro preto. pensamento de morte. uma dor na costela que eu queria muito que fosse imaginária. isso é melhor do que ir ao médico. é que eu não vou ao médico. eu deixo que ele venha a mim: pela internet (não façam isso em casa). e eu fico pensando, o tempo todo: talvez já seja tardemais. mas me acalmo e penso: como pode ser que já seja muito tarde para alguma coisa? mas, logo em seguida, penso que os sintomas que me passaram batido há dois anos já podem estar me comendo por dentro, afinal de contas. eu sinto que tem alguma coisa me comendo por dentro. e acho que já é tardemais pra ser sem dor.

- J.Castro





postado em por admin em prosa deixe um comentário

adicione comentário

www.scriptsell.netBest Premium Wordpress Theme/Best Premium Wordpress Theme/ Top