TEMPUS FUGIT

tempusfugit

TEMPUS FUGIT

O tempo foge:
- Ô tempo, seu cagão.
Tudo isso
pra tudo
se acabar
no agora?
No azeite
dos seus olhos
eu lambuzo um:
- Me aceite.
De tanto
que não aparece
esqueci como
se parece.
Vai ser
existencial
na vida.
Vai ser
filhadaputa
na vida.
Vejo coisas
em você.
Veja lá:
não sou homem
de ficar só
no vamuvê.
Pois vejo
além do
querer.
Mesmo
que você
não queira.

Me ver.

O tempo foge.
Eu vou junto.
Cagão:
- Eu sou.
E fujo
do seu
vamuvê.

- edson farrusco





postado em por admin em poesia deixe um comentário

adicione comentário

www.scriptsell.netBest Premium Wordpress Theme/Best Premium Wordpress Theme/ Top