TUDONTEM

tudontem

no espaço
entre os olhos
crio geografias
inauditas:
vales fundos
de incompreensões
planícies chatas
de tristezas
picos enormes
de ansiedades:
estas rugas
colocam-me
num mapa
de pura dor:
esta cara
que se desmancha
ante o fato
inconteste:
tudo é ontem
meu amor

- J.Castro





postado em por admin em poesia deixe um comentário

adicione comentário

www.scriptsell.netBest Premium Wordpress Theme/Best Premium Wordpress Theme/ Top