condição vadia

ser

não é que eu enalteça as vadiagens por enaltecê-las, assim, como uma coisa estética. eu não acho bonito ser vadio. é que eu sou assim. então eu peço desculpas se ofendo alguém com este meu jeito de ser. e continuo vadio, porque isso também não é da conta de ninguém. e sei também que eu deveria estar prestando atenção nela, aqui-agora, que tanto fala dos seus problemas. seus ínfimos problemas mais importantes do mundo. eu sei que deveria estar pensando numa resposta, num feedback qualquer. mas não. ela vai terminar de falar e eu, em seguida, vou murmurar alguma coisa sem sentido pra passar a exata noção da falta de interesse que eu estou sentindo por esse papo agora e, logo depois, provavelmente voltar a pensar nesta minha condição vadia de ser.

- J.Castro





postado em por admin em prosa deixe um comentário

adicione comentário

www.scriptsell.netBest Premium Wordpress Theme/Best Premium Wordpress Theme/ Top