VIROU RAVE

RAVE

VIROU RAVE

dentro da minha cabeça:
um narrador que não para (e dos ruins, tipo Galvão Bueno)
um eu que odeia ser eu
um mundo que desiste logo
um compartimento que só observa
um pai que não está lá
um guru que só toma na rima
um estouro de puro nada
um acadêmico frustrado
um vagabundo orgulhoso
e, no meio de tudo isso, um pouco dum simples eu

tem pouco espaço pra mim
na minha própria cabeça

ninguém mandou
fazer festa grande
em salão pequeno

- Vaner Micalopulos





postado em por admin em poesia deixe um comentário

adicione comentário

www.scriptsell.netBest Premium Wordpress Theme/Best Premium Wordpress Theme/ Top