ZIGUE/ZAGUE

zigzag

ZIGUE/ZAGUE

sobre os ombros
dois ladrõezinhos
olhos malandros
num salgado
zigue-zague
passeando pelo bar:
zigue
zague.

sorrisos, fumaça
as batidas dos copos
nas mesas
(insuportável)
e no meio
os dois olhos
malandros.

zigue
zague
perdidos, vazios
entre as mesas sujas
as risadas exageradas.

a noite entorpecida
e as risadas
exageradas
(insuportável).

dois olhos
ziguezagueando
o meu ser.

- Vaner Micalopulos





postado em por admin em poesia deixe um comentário

adicione comentário

www.scriptsell.netBest Premium Wordpress Theme/Best Premium Wordpress Theme/ Top